Tamanho de fechadura: qual o mais adequado?

A maçaneta é um item de segurança indispensável nas nossas vidas. E, quando nos mudamos ou reformamos a casa e queremos trocá-la pode surgir inúmeras dúvidas, como qual é o tamanho de fechadura mais adequado para a minha porta, entre outras.

Pensando nessa dúvida, preparamos um conteúdo para explicar o essencial sobre as fechaduras. Vamos ver?

Tamanho de Fechadura: qual devo escolher?

Antes de falarmos sobre o tamanho de fechadura, você precisará saber qual tipo de maçaneta é o ideal para a porta. Para isso, teremos que nos ater a 3 fatores técnicos que são definidos e garantidos pela NBR 14.913/2011. São eles: segurança, corrosão e tráfego.

Então, vamos ver cada um desses fatores abaixo.

1. Segurança da fechadura

Provavelmente, você já notou que a fechadura do banheiro é diferente da maçaneta de porta de entrada, não é? Elas são distintas porque a segurança delas também são.

Primeiramente, devemos prestar atenção na embalagem da fechadura, que mostra o grau de segurança. Este pode variar entre baixo, médio ou alto, partindo do menos seguro para o mais seguro.

Por exemplo, normalmente no banheiro utilizamos a fechadura fixa. Como não precisamos de uma grande segurança neste cômodo, uma chave que não precisa ser retirada do cilindro já resolve, ou seja, ela fica presa à fechadura.

Dessa maneira, o grau de segurança que estará na embalagem da fechadura fixa será menor.

O grau de segurança mais baixo também é indicado para cômodos da casa. Por isso utilizamos, em geral, as fechaduras Gorges, aquelas que são feitas de inox ou latão, em que o buraco da chave é maior do que de uma porta de entrada por exemplo.

Já em uma porta de entrada, a segurança deve ser a maior possível. Por esta razão utilizamos a fechadura de entrada, a qual podemos abrir por dentro ou por fora utilizando a chave. Assim, o grau de segurança da maçaneta será maior.

Muitas vezes, nas portas de entrada, os clientes optam ainda por colocar travas, para que fiquem mais seguras.

Assim, podemos escolher uma fechadura de segurança, que consiste em travas que podem ser adicionadas à porta. Um bom exemplo são as Tetras Chaves, que têm uso manual e são feitas de um metal resistente.

É preciso lembrar que as fechaduras com travas ou que as acompanham, são recomendadas para portas de madeira maciça ou de ferro. Já o travamento duplo é indicado para portas de vidro, pois evita que ela quebre caso seja forçada.

Ainda falando da segurança, hoje em dia é possível encontrar tecnologia de ponta nas fechaduras eletrônicas. Elas podem ser de destrancadas com cartão, com senha, com controle ou até mesmo com biometria.

As fechaduras da Papaiz são super seguras. Confira aqui.

2. Corrosão

Agora, continuando, falaremos sobre a corrosão, a qual informará a sua resistência aos fatores externos. Ela pode variar de 1 a 5, partindo do menos resistente ao mais resistente. Sendo assim, para decidirmos qual fechadura escolher, também devemos analisar o ambiente.

Por exemplo, uma cidade litorânea pedirá uma resistência à corrosão mais alta do que uma cidade onde não tem praia.

Para as regiões litorâneas é preciso utilizar as fechaduras em inox. A Papaiz conta com a Linha Inoxvita que é mais resistente ao desgaste e possui excelente desempenho em regiões de grande impacto corrosivo.

Conheça aqui a Linha Inoxvita da Papaiz.

3. Tráfego

Agora explicarmos sobre o tráfego, que diz respeito à frequência de uso que a fechadura terá. Isto é, quantas vezes determinada maçaneta abre e fecha por dia. Normalmente, as portas de residência não pedem fechadura com tráfego alto, já que abrimos somente algumas vezes ao dia.

Dessa forma, as fechaduras nas residências são as de tráfego médio.

E, o tráfego baixo de fechadura é para portas que serão apertas poucas vezes, como um quarto de visitas ou de dispensas.

Já, se estivermos falando de um ambiente comercial, não tenha dúvidas. Escolha a maçaneta de tráfego alto, caso contrário será necessário trocá-la por muitas vezes. Os especialistas da área estimam que acima de 30 ciclos (quando abrimos e fechamos uma porta conta como um ciclo) é recomendado uma fechadura com o tráfego alto.

Dessa maneira, seguindo o que explicamos até aqui, analise em qual cômodo a porta que necessita de fechadura está localizada, para realizar a melhor escolha quanto aos fatores técnicos.

E, além dos fatores técnicos, existem inúmeros designs diferentes que vocês podem escolher. Se for o caso, um profissional de design de interiores pode ser de grande ajuda.

Tamanho de fechadura

Para continuarmos acertando na hora de escolher a fechadura, precisamos saber qual o tamanho dela.

Existem três medidas mais comuns, geralmente são as usadas em portas de madeira:

- 55mm
- 45mm
- 40mm

Já as fechaduras de portas de metal costumam ser mais estreitas:

- 19mm
- 21mm
- 29mm

Se você precisar trocar a fechadura, o ideal é levar a sua maçaneta antiga à loja para não acontecer nenhum engano. Mas, caso isso não seja possível, vamos ensinar como medi-la.

Veja abaixo.

Tamanho de fechadura: como medir

Na primeira etapa, pegue, de preferência, uma régua, mas uma fita métrica ou trena também resolvem.

Depois, coloque uma extremidade no começo da fechadura (beirada da porta), e meça até o centro do cilindro (onde colocamos a chave). Então você terá o tamanho adequado para a comprar a fechadura.

Também não se esqueça de medir a espessura da porta, o vendedor que for ajudar vai precisar desta informação.

Caso queira levar mais detalhes para ajudar na hora da escolha da fechadura, meça do centro do cilindro até o eixo da maçaneta (onde ela está presa à porta).

Viu quantas informações são necessárias para escolher o tamanho da fechadura? São muitos fatores que fazem toda a diferença.

Conte com as fechaduras da Papaiz para a sua casa ou escritório. A Papaiz possui um vasto portfólio de fechaduras mecânicas e digitais para que você possa escolher a que mais se adequa ao seu ambiente.